Revelando, imortalizando histórias e talentos
21.8.17

 

Conhecer as comunidades é oportunidade única para vivenciar o modo de vida no campo e aprofundar nossas tradições e raízes culturais. No Estado de São Paulo existem 33 comunidades remanescentes de quilombos, em áreas que serviam de abrigo e resistência dos antigos escravos, desde o Século XVII. 

Foto: Gilberto Marques 

 

A Comunidade de Ivaporunduva, no município de Eldorado, no Vale do Ribeira, sul do Estado, foi reconhecida em 1998 e titulada em 2003. Ela faz parte do Circuito Quilombola Paulista, criado em março de 2016, para desenvolver o turismo agroecológico e cultural das comunidades. Os turistas são recebidos pela comunidade, que mantém no local uma pousada para pernoite, com café da manhã, almoço e jantar. EDITORIAS: turismo

 

 

 

Pioneiro do design no Estado e uma das principais referências na arte contemporânea, o artista, designer e gestor cultural, celebra as quatro décadas do seu percurso profissional com um pacote de homenagens preparado em parceria com um time formado por grandes nomes do cenário cultural do Brasil. 

 

Aberta a exposição “RB 40 Anos de Arte e Design”, no Palácio Anchieta, com apoio institucional do Governo do Estado do Espírito Santo, do Instituto Sincades e das empresas Vale e ArcelorMittal.

 

No mesmo dia, foi lançado o livro “RB 40 – Ronaldo Barbosa, 40 anos de Arte e Design”, escrito a quatro mãos pela jornalista especializada em design e ex-diretora do Museu da casa Brasileira, Adélia Borges (SP).EDITORIAS: exposições, livros

 
 

Estão abertas até o dia 15 de setembro inscrições para as prefeituras que ainda não demonstraram interesse em receber atividades de formação cultural em 2017. Já os profissionais da cultura que desejam desenvolver atividades formativas em cidades de todo o estado devem se inscrever até 10 de setembro.

 

O cadastramento é destinado a cidades do interior, litoral e região metropolitana de São Paulo que desejam realizar atividades culturais. Os dirigentes de cultura dos municípios interessados devem apresentar suas propostas por meio do formulário. EDITORIAS: cursos&oficinas

 

Orquestra da USP: concertos gratuitos em agosto

 

Os concertos estão programados para os próximos dias 18, 20, 24 e 27 de agosto, em diferentes locais

 

Foto: Marcos Santos

 

Quem gosta de música não pode perder a programão de agosto da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) que conta com uma série de concertos gratuitos em São Paulo. Na sexta-feira (18), às 12h30, a Orquestra promove o ensaio aberto didático, no Auditório do Centro de Difusão Internacional (CDI), na Cidade Universitária.

EDITORIAS: atualidades, rota abc
 
 
  

 

A cidade de Guaçuí vai se transformar na capital capixaba do teatro por sete dias. 

 

O Felizardo – Cia Ovorini

GUAÇUÍ (ES) BRASIL - Com espetáculos gratuitos no Teatro Municipal Fernando Torres e ao ar livre nas principais praças de Guaçuí, um panorama das artes cênicas brasileiras será apresentado nos dias 13 a 19 de agosto, durante o 18º Festival Nacional de Teatro. Realizado pelo grupo teatral “Gota, Pó e Poeira”, o festival foi contemplado pelo Funcultura no Edital 020 - Setorial de Artes Cênicas da Secult. A entrada é franca. EDITORIAS: teatro

 

 

 

A partir desta quinta-feira (3), a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo (SELJ) inicia um programa de visitas e exposições monitoradas em sua sede, um prédio histórico na Praça Antônio Prado, centro da capital paulista, onde funcionou durante décadas o extinto Banco de São Paulo.

 

Projetado pelo arquiteto Álvaro de Arruda Botelho e inaugurado em 1938, o edifício tombado pelo Condephaat é um importante símbolo do estilo art déco na capital e mantem detalhes da época, como os cofres particulares preservados, pisos, revestimentos e elevadores. EDITORIAS: turismo

 

 

Com o objetivo de estimular a reflexão contemporânea sobre temas da cultura nacional e internacional, a Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA) lançam edital público para produzir três livros da Coleção Cultura e Pensamento. 

 


A partir desta terça-feira (1º), pesquisadores podem inscrever seus estudos sobre as áreas: direitos culturais, políticas culturais para as cidades e políticas para as artes. As inscrições estão disponíveis até o dia 30 de setembro no site da coleção. EDITORIAS: cultura

 
  
Exposição Sol Preto - de Daniel Frota

 

Obra de Daniel Frota é parte de pesquisa relacionada à uma expedição científica britânica no início do Século 20, no Ceará. 

 

Com início nesta terça-feira (25), às 19h, a exposição Sol Preto, do artista plástico Daniel Frota, fica em cartaz até 27 de agosto no térreo do MIS com entrada gratuita. Na abertura, o artista participa de um bate-papo e visita guiada com o público. Baseada em suas pesquisas sobre um fato ocorrido em 1911, em Sobral, Ceará, a mostra revela o contraste entre ciência e imaginário popular. EDITORIAS: exposições

 
 

 

O Museu suíço  está se preparando para a aguardada revelação pública de uma coleção de arte da era nazista ainda este ano disse nesta sexta-feira que sua meta continua a ser encontrar os herdeiros de quaisquer trabalhos artísticos que podem ter sido roubados de donos judeus.

 

A diretora do Museu de Belas Artes de Berna, Nina Zimmer, que tomou posse de 150 desenhos, litrografias e pinturas nesta semana, antes de uma exibição prevista para estrear em novembro, disse que as pesquisas mostram que nenhuma delas foi roubada pelos nazistas. EDITORIAS: expo-inter

 

 

   
  

The Boss está rumando para a Broadway para um espetáculo solo de oito semanas que contará "só comigo, a guitarra, o piano e as palavras e a música".

 

"Springsteen on Broadway" estreia em 3 de outubro em um teatro de 960 lugares, um grande contraste com os enormes estádios em que o cantor e compositor se apresenta em suas turnês mundiais. EDITORIAS: discos&shows

 

 

                                            Clique e acesse site
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 15:39  comentar

Estão abertas até o dia 15 de setembro inscrições para as prefeituras que ainda não demonstraram interesse em receber atividades de formação cultural em 2017. Já os profissionais da cultura que desejam desenvolver atividades formativas em cidades de todo o estado devem se inscrever até 10 de setembro.

 

O cadastramento é destinado a cidades do interior, litoral e região metropolitana de São Paulo que desejam realizar atividades culturais. Os dirigentes de cultura dos municípios interessados devem apresentar suas propostas por meio do FORMULÁRIO

 

Oficinas, cursos e workshops, com duração entre oito e trinta e seis horas, nas diferentes áreas e linguagens artísticas estão previstas no chamamento, que contempla atividades destinadas a adultos e jovens a partir dos 16 anos.

 

São aceitos projetos voltados a artes visuais, audiovisual (cinema e vídeo), circo, comunicação e novas mídias, cultura tradicional, cultura urbana (grafite, hip-hop, muralismo entre outros), dança, desenho, fotografia, gestão cultural, gravura, história em quadrinhos, literatura, moda, música, ópera, patrimônio, performance e teatro.Os municípios contemplados assinarão um Termo de Parceria com a Poiesis, a Instituição de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura, vinculado à Secretaria da Cultura.

 

As áreas contempladas pelo Programa são: artes visuais, audiovisual (cinema e vídeo), circo, comunicação e novas mídias, cultura tradicional, cultura urbana (grafite, hip-hop, muralismo entre outros), dança, desenho, fotografia, gestão cultural, gravura, história em quadrinhos, literatura, moda, música, ópera, patrimônio, performance e teatro.

 

para o programa de atividades culturais nos municípios do interior e litoral

Até 15/9

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 15:35  comentar

Jerry Lewis, uma das maiores lendas da comédia americana no cinema, na televisão e na rádio, morreu na manhã deste domingo aos 91 anos, em Las Vegas, de causas naturais. A notícia foi confirmada pelo seu agente.


 

Foi um dos ícones maiores do humor no cinema, na rádio, na televisão e nos palcos, com uma popularidade extraordinária cujo pico se deu nos anos anos 50 e 60, e que se também se notabilizou pela luta contra a distrofia muscular, à frente de maratonas televisivas de angariação de fundos que, ao longo de mais de 40 anos, conseguiram angariar mais de dois mil milhões dólares.

 

Nascido em 1926 no seio de uma família de artistas (a mãe era pianista numa estação de rádio e o pai trabalhava em espetáculos de "vaudeville"), Lewis começou a carreira artística logo aos cinco anos, e nunca mais deixou os palcos.

 

A popularidade nos palcos estendeu-se à radio e aos primordios da televisão, chegando ao cinema em 1949, com "A Minha Amiga Irma". Até 1956, com "Um Espada para Hollywood", a dupla protagonizou 16 filmes de imenso sucesso, quase sempre com a mesma fórmula, simples mas eficaz. A popularidade foi tal que a dupla até teve direito a protagonizar uma revista de BD, mas a subalternização crescente de Martin face às gargalhadas que gerava Lewis acabou por levar ao fim da parceria. A cisão não terá sido amigável e fez correr rios de tinta ao longo das décadas, e só em 1976 os dois se terão reconciliado, pela mão do amigo comum Frank Sinatra.

 

Nos anos que se seguiram, a carreira de ambos a solo foi um sucesso fulgurante em todas as vertentes (cinema, palcos, televisão, rádio e discos), com Lewis a prosseguir de imediato com o seu primeiro filme a solo, "O Delinquente Delicado" (1957), a que se seguiram outros sucessos como "O Herói de Regimento" (1957) e "Capitão sem Barco" (1959).

Fundamental foi a parceria que então fez com Frank Tashlin, que já o tinha dirigido com Martin em "Artistas e Modelos" e "Um Espada para Hollywood" e que era um dos mais notáveis realizadores de animação da Warner Bros. Tashlin soube injetar nos filmes com Lewis todo o "slapstick" desvairado dos "cartoons" em obras de grande sucesso, que, quase todas, se tornaram clássicas:  "Jerry Ama-Seca" (1958), "Jerry no Japão" (1958), "Cinderelo dos Pés Grandes" (1960),  "Dinheiro e Só Dinheiro" (1962), "Um Namorado com Sorte" (1962) e "Jerry, Enfermeiro sem Diploma" (1964).

Com um orçamento minúsculo e quase sem diálogos, "Jerry no Grande Hotel" (1960) foi uma aposta de risco para Lewis, que o financiou sozinho quando a Paramount não quis arriscar num filme quase mudo, e foi um sucesso. Os anos seguintes são os mais notáveis da sua carreira no cinema, com clássico atrás de clássico: além dos dirigidos por Tashlin na mesma época, Lewis realizou e protagonizou "O Homem das Mulheres" (1961), "O Mandarete" (1961), "As Noites Loucas do Dr. Jerryll" (1963, o seu filme mais mítico, que, com o título original de "The Nutty Professor", daria origem ao "remake" com Eddie Murphy), "Jerry 8 3/4" (1964) e "Jerry e os Seis Tios" (1965), em que interpreta sete personagens. (Francisco Martins \Sapo.pt). 

link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 15:32  comentar

Pioneiro do design no Estado e uma das principais referências na arte contemporânea, o artista, designer e gestor cultural, celebra as quatro décadas do seu percurso profissional com um pacote de homenagens preparado em parceria com um time formado por grandes nomes do cenário cultural do Brasil. 

 

Nesta quinta-feira (17) foi aberta a exposição “RB 40 Anos de Arte e Design”, no Palácio Anchieta, com apoio institucional do Governo do Estado do Espírito Santo, do Instituto Sincades e das empresas Vale e ArcelorMittal.

 

No mesmo dia, foi lançado o livro “RB 40 – Ronaldo Barbosa, 40 anos de Arte e Design”, escrito a quatro mãos pela jornalista especializada em design e ex-diretora do Museu da casa Brasileira, Adélia Borges (SP), e pela historiadora Élida Gagete, também de São Paulo. A publicação contempla fotos, desenhos, projetos e depoimentos de várias personalidades nacionais, como os artistas plásticos Shirley Paes Leme e Hilal Sami Hilal; as empresárias Maria Alice e Letícia Lindenberg, da Rede Gazeta; Fábio Brasileiro, diretor da Vale; os designers Verónica Teicher e Flavio Lins de Barros, entre outros.

 

O projeto do livro foi realizado por meio da Lei Rouanet, patrocinado por um pool de grandes empresas: Vale, Grupo Águia Branca, Mafrical, Cesan e Bandes. A publicação também conta com apoio institucional do Governo do Estado e da ArcelorMittal. Na produção executiva, de ambos os projetos, está Érika Kunkel Varejão, do Instituto Modus Vivendi. Já o projeto expográfico da exposição e o projeto gráfico do livro foram desenvolvidos pelo Studio Ronaldo Barbosa.

EDITORIAS: ,
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 15:31  comentar

Agosto 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
18

20
25

27
29
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds