Revelando, imortalizando histórias e talentos
4.11.17

Secretaria de Estado da Cultura do Paraná promove pelo terceiro ano consecutivo o Mês da Consciência Negra em novembro. Apresentações musicais, exposições, palestras e oficinas compõem a programação, que tem o objetivo principal de resgatar, valorizar e divulgar a cultura afro-paranaense. A Orquestra Sinfônica do Paraná abre o evento com um show dedicado ao músico parnanguara Waltel Branco, neste domingo (05), às 10h30, no Guairão.

 

 

Neste ano será homenageado,  Waltel Branco  cujo repertório estará repleto de composições de sua autoria, como as canções Paranaguá, Cores do Leme, Forró do Lucas Pacote, Rua das Flores, Nossa Cidade, Caprichoso – Tributo a J. S. Bach, Fandango, Elegia a Claudio Santoro e Estrada da Graciosa. A regência é do maestro Alexandre Brasolim.

 

Outro músico relembrado nesta edição do Mês da Consciência Negra é o sambista Palminor Rodrigues Ferreira, o Lápis. No dia 20 de novembro, às 18h30, o Museu da Imagem e do Som do Paraná inaugura “Todas as pontas do Lápis”, mostra que resgata a memória e a obra deste grande compositor paranaense que fez sucesso nos anos 1960 e 1970, embalando a boemia curitibana da época.

 

PROGRAMAÇÃO - 

 

A programação é composta por atividades desenvolvidas pela Secretaria da Cultura em parceria com o Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Consepir) da Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Universidade Federal do Paraná e ações promovidas pela Fundação Cultural de Curitiba e parceiros. Confira as mais de 70 atrações no Sitio

 

Além de Curitiba, outros municípios participam do Mês da Consciência Negra com atividades como oficinas, apresentações de capoeira, maracatu, bumba-meu-boi e street dance, desfile étnico, palestras, exposição, exibição de filmes, teatro, etc. Participam as cidades de Colombo, Cruzeiro do Oeste, Lapa, Maringá, Mato Rico, Nova Esperança, Porecatu e Uraí. (Fonte: Secom). 

SERVIÇO

Mês da Consciência Negra

De 5 a 30 de novembro de 2017

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 13:02  comentar

Check-up gratuito para homens: programa já realizou 188 mil consultas no Estado de São Paulo

Foto: Alexandre Carvalho

 

"Filho que ama leva o pai ao AME" estimula exames preventivos e diagnóstico precoce do câncer de próstata; atendimento ocorre aos sábados. AME” já resultou no atendimento de 67 mil pessoas em todo o Estado, além da realização de 188 mil consultas.

 

A iniciativa desenvolvida pela Secretaria de Estado da Saúde começou em março de 2014 e estimula os filhos a levarem os pais a partir de 50 anos de idade a fazer check-up médico nos Ambulatórios Médicos de Especialidades.

 

Além das consultas, os pais atendidos passam por exames preventivos nas áreas de enfermagem, cardiologia e urologia. O atendimento pelo programa ocorre sempre aos sábados, das 9h até as 13h, em 25 unidades do AME, da capital, Grande São Paulo, interior e litoral do Estado.

 

Apesar de a campanha de prevenção e promoção de saúde incentivar os filhos a levarem os pais ao médico, as consultas precisam ser agendadas pelos próprios pacientes.

 

As unidades da capital e Grande São Paulo que fazem o atendimento do programa são: Heliópolis; Mogi das Cruzes; Taboão da Serra; Carapicuíba; Mauá; e o CRI Norte. No interior e litoral, as unidades ficam em Jundiaí; Araçatuba; Américo Brasiliense; Santos; Praia Grande; Barretos; Bauru; Promissão; Franca; Ourinhos; Rio Claro; Presidente Prudente; São João da Boa Vista; Mogi Guaçu; Votuporanga; São José do Rio Preto; Sorocaba; Caraguatatuba; e Tupã. 

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 13:01  comentar

Novembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
14
15
17
18

19
20
23
24

26


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds