Revelando, imortalizando histórias e talentos
27.9.06

 

Morre Gillo Pontecorvo

Gillo Pontecorvo, cineasta italiano famoso pelo filme "A Batalha de Argel", um retrato realista da guerra da independência da Argélia, morreu em Roma aos 86 anos de idade.

De uma rica família judia de Pisa, Pontecorvo trabalhou em jornalismo antes de fazer suas primeiras obras nos anos 1950, e é visto como um dos maiores diretores de cinema da Itália apesar de ter rodado poucos filmes. Segundo a agência de notícias italiana Ansa, Pontecorvo morreu no hospital Gemelli, de Roma, na noite de quinta-feira, 12 de outubro.

"A Batalha de Argel", que foi co-redigida e dirigida por Pontecorvo em 1966, ganhou o Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza e foi indicado para três Oscar: o de diretor, de roteiro e de filme de língua estrangeira. O filme foi feito em preto e branco, ao estilo documentário, e mostra a brutalidade de ambos os lados envolvidos na guerra de 1954 a 62, incluindo ataques a bomba contra civis lançados por militantes e a tortura realizada por militares franceses. O filme foi proibido na França por vários anos. Em 2003, o Pentágono exibiu o filme para oficiais e especialistas civis que estudavam os desafios enfrentados pelo Exército dos EUA no Iraque, segundo divulgou o jornal The New York Times. Após "A Batalha de Argel", Pontecorvo dirigiu Marlon Brando como um mercenário que instiga uma revolta de escravos em uma ilha caribenha no filme "Queimada".
 

Julie Andrews faz 71 anos

 

A associação de atores de cinema dos EUA informou nesta segunda-feira,25, que dará a Julie Andrews, o Life Achievement Award, prêmio especial concedido a carreiras destacadas, em cerimônia no dia 28 de janeiro. Andrews, que completará 71 anos em 1º de outubro.

Julia Elezabeth Wells ou Julie Andrews, nasceu a 1 de outubro de 1935 , em Walton-on-Thames, em Surrey, Inglaterra, começou sua vida artística em apresentações para as tropas britânicas durante a Segunda Guerra Mundial. Devido suas grandes habilidades vocais (sua voz de soprano variava de C3 a E7), estreou nos palcos em 1947, no West End de Londres. Já sua estréia nos palcos da Broadway aconteceria somente em 1954, em The Boyfriend. Depois disso continuou no teatro, em My Fair Lady e Camelo, e em participações na televisão até 1964, quando foi convidada por Walt Disney para interpretar o papel principal no filme Mary Poppins, com o qual levou um Oscar de melhor atriz, vencendo Audrey Hepburn, que concorria pela sua atuação na versão cinematográfica de Minha Querida Dama, My Fair Lady, no papel criado por Julie Andrews nos palcos. Outros filmes importantes se seguiram, como A Americanização de Emily, Cortina Rasgada, Hawaii, A Estrela e Victor ou Victoria [indicada ao Oscar] mas talvez sua atuação mais lembrada, aquela que se tornou indissociável de sua imagem no cinema, tenha sido a da jovem Maria, em A Noviça Rebelde, The Sound of Music, de 1965, um dos grandes musicais da Fox, em que faz o papel de uma noviça sem vocação para o sacerdócio que vai cuidar dos filhos e filhas indisciplinados do capitão Von Trapp Cristopher Plummer e, adotada pelas crianças, apaixona-se pelo patrão e é correspondida. Julie Andrews foi indicada para três prêmios Oscar por "Poppins", "A Noviça Rebelde" e "Vitor ou Vitória?", que foi dirigido por seu marido, Blake Edwards. Em 1997, Andrews passou por uma cirurgia para remover um pólipo de suas cordas vocais. A operação deixou sua voz prejudicada, e ela processou os médicos por tratamento inadequado. [Francisco Martins/Fausto Visconde]

B.B. faz 72 anos e comemora na sua fundação 

Uma das mais belas atrizes do cinema mundial, francesa Brigitte Bardot  completou 72 anos na quarta-feira27, e como presente presidirá a celebração do 20º aniversário da fundação protetora de animais que leva seu nome. A fundação da antiga musa do cinema, que deixou as telonas em 1973, tem atualmente mais de 57 mil doadores de vinte países e opera unicamente graças a estas contribuições e às ações de seus simpatizantes.  A Fundação Brigitte Bardot  de  Proteção aos  Animais Domésticos e Selvagens vai  tanto de ações concretas, como libertações ou campanhas de esterilização de gatos de rua, chegando à  pressão no âmbito jurídico.
Trinta empregados trabalham em sua sede social, situada no distrito XVI de Paris. Fora da França, a fundação criou um santuário de ursos na Bulgária e uma clínica veterinária móvel para os países do Leste Europeu. 
Bardot disse meses depois que estava pensando em se radicar na Suécia por se sentir "muito mais próxima à sensibilidade" deste país em matéria de proteção dos animais.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 13:32  comentar

Setembro 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10

17
21

24
29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO