Revelando, imortalizando histórias e talentos
15.3.07

Goya: luta criativa e singular


Francisco de Goya nasceu em 30 de março de 1746, e sua vida é uma singular aventura criativa. Ele representa a modernidade porque vive o seu tempo com absoluta entrega e generosidade.

Tudo se desenvolveriam em uma ëpoca de extremada convulsâo social, cultural e polìtica. Na passagem do sëculo XVIII para o XIX, Espanha, Europa e Amërica viveriam profundas transformaç§es e mudanças nas suas estruturas fundamentais, e consolidaçâo de um novo estado de ser e entender o mundo, o mundo da modernidade. Entre os anos 1746 e 1828, datas essas que demarcam a vida de Goya, e que iriam também suceder acontecimentos de significado especial para a história da humanidade, e, em particular, do mundo ocidental. A publicaçâo de L'Enciclopëdie - 1751-, o processo que levou independència dos Estados Unidos da Amërica e sua Constituiçâo [1787], a queda da Bastilha em Paris e a Declaraçâo dos Direitos do Homem na França (1789), e a execuçâo dos monarcas franceses (1793), o triunfo de Napoleâo frente ao Diretório - 1799 -, e até a guerra da Independència na Espanha (1808), e as sucessivas proclamaç§es de independència na Amërica espanhola e portuguesa - Venezuela e Colombia(1811-1819), Argentina (1816), Mëxico (1821), Brasil (1822) foram fatos relevantea ao trabalho de Goya, influenciados por seus contemporâneos de pintura como Giaquinto, Tiepolo, Guardi, Piranesi, Mengs, Gainsborough, Reynolds, Hogarth, Constable, Turner e Fragonard por exemplo.

Artista inconformado

Sem dövida, a obra de Goya e sua evoluçâo estëtica peculiar foram essencialmente influenciadas por àqueles tempos de profundas transformações. Ele viveu perigosamente sua aventura pessoal e criativa, ou seja, sua dramaturgia existencial singular. Ele contou com a sorte em sua luta terrìvel e desigual pelo futuro e pela modernidade, jogando fora todo o lastro de conformismos ou convencionalismos estëreis. Tanto Goya quanto os acima citados, seres ousados e comprometidos, aventureiros ou valentes, que vivem no limite de suas forças, estâo os artistas, os arquitetos das idéias, os artesâos do pensamento, e criadores de imagens e sensações. Ou seja, todos foram provocadores e terroristas da desordem estabelecida. Seus desenhos e sua pintura mais estremecedores, suas confissões mais ìntimas - Los Disparates, Las Pinturas Negras -, são essas imagens para ninguëm alëm de sua própria sombra de tristeza e melancolia. Não estranho, pois, que muitos dos artistas e criadores mais comprometidos com seus respectivos 'tempos difìceis', sob uma conceituaçâo radical de ser e expressar a 'modernidade', tenham tido como uma de suas referèncias fundamentais a experiència pessoal.

Gravuras de Goya

No extraordinário conjunto das obras realizadas por Goya ao longo de seus quase 60 anos ininterrupto de atividade criativa se destacam, por inúmeros motivos, por exemplo a sëries de estampas gravadas. Ao todo, foram catalogadas 270 gravuras, as quais se somam outras 18 litografias realizadas durante sua estada em Bordeaux - França, nos öltimos anos de vida, onde experimentou a entâo revolucionária tëcnica inventada pelo checo Aloys Senefelder. Esse grande número de gravuras e litografias - e a tëcnica magistral aplicada pelo artista - ë realmente único não somente na arte espanhola mas também na europëia. Nas gravuras de Goya a progressiva experimentaçâo do artista trabalhando de maneira mista e simultaneamente com Água-forte, a Água-tinta - tëcnica que era grande novidade na ëpoca -, e as qualidades e retoques com o buril, a ponta-seca, para conseguir efeitos semelhantes aos idealizados e conseguidos em seus desenhos preparatórios, com tinta e pincel. Porém, seu virtuosismo é alcançado em uma sëries de gravuras como - Los Caprichos, Los Desastres de la Guerra, La Tauromaquia e os Disparates -, onde à precisâo das linhas e do desenho, a obtençâo de massas de grande densidade de preto e cinza, e os efeitos de luz e de sombra aliados ao equilìbrio entre cheios e vazios fazem dessa criaçâo de Goya uma das mais significativas contribuições a arte do seu tempo e por muitos séculos. [AgênciaFM]

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:05  comentar

Março 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO