Revelando, imortalizando histórias e talentos
26.11.07
Chavez é um risco para a democracia e para o mundo. O poder em suas mãos pode-se comparar a uma metralhadora nas mãos de um macaco.
{Chavez is a great risk to the global world and democracy. The power on his hands seems a monkey with a gun too}.

O presidente venezuelano desde quando assumiu o governo vem destilando veneno e maldades por onde passa. Falastrão inveterado, sangue de ditador nas veias é algo não aceitável para o mundo globalizado em se vive. Não basta ser presidente: precisa saber se comportar de modo globalizado, também. Ou seja, os pareceres que venham ser  emitidos, podem e devem não contentar a todos, mas não podem e não devem ofender. E ofender é tudo o que Chavez sabe. Grosseiro, baixo e ridículo em seus pronunciamentos que, a cada dia vem sendo rebatido por pessoas que vivem em mundo civilizado como foi o episódio com o rei Juan Carlo, da Espanha "Por que não cala a boca, Chavez", desde o ocorrido o que já era ruim piorou ainda mais, ele  ficou semelhante a um cão com mau da raiva: quer atingir o maior número de pessoas possíveis. Um dos que participa de sua blindagem, o presidente colombiano, Álvaro Uribe, que o proibira de negociar com o presidente Francês a liberação de uma candidata à presidência daquele país sequestrada pelo grupo de terroristas das Farc, de quem Chavez se intitulou porta-voz, já começa a sentir o efeito-Chavez. Já foi chaado de mentiroso e desonesto, só porque não concorda com sua total tirania.

Um louco à solta


Desautorizado em público pelo rei e na mídia por seu colega colombiano, para não perder sua verborragia cínica ele ameaça de prisão o arcebispo, sinalizando que pretende implantar uma ditadura chavista na America Latina. Tudo gira em torno da autoridade e da soberânia tão falada pelo presidente brasileiro; a soberânia não significa agressões verbais aliados doses cavalar de destempero. Transitando entre o grosseiro e o rídiculo, entre o fascismo e o terrorismo verbal [ainda], tenta amedrontar e chantageia, valendo-se de suas riquezas naturais como o petróleo. Chavez é um risco para democracia, e já mostrou isso, e para o mundo. O poder em suas mãos pode se comparar a uma metralhadora nas mãos de um macaco. Chavez é nocivo para liberdade e para o mundo globalizado para o qual caminha a humanidade. Em estado de decomposição causado pelo ódio, ele busca apoio para destilá-lo em larga escala, e tem no presidente Luiz Inácio Lula da Silva seu parceiro mais fiel, uma claque de plantão: apoiou o fechamento da TV, deu apoio moral quando do episódio do rei, foi menospresado ao ser chamado de magnata do petróleo e não reagiu. Hugo Chavez, tal como Lula, detém o poder de voto apenas nas periferias dos estados, locais estes onde Chavez marca presença intimidatória aos moradores réfem de sua violenta verve, que não deixa espaço de defesa para tais cidadãos. Portanto, travestido de ovelha alva enquanto o resto do mundo contém apenas ovelhas negras, ele segue seu delirium tremens, enxerga aviões, bombas atômica devastando os Estados Unidos da América, em seu linguajar peculiar "El diablo". Ou seja, Hugo Chavez quer ser a Nova Ordem Mundial; comandando um país medíocre, com mais anlfabetos do que o Brasil, e ainda por cima, falando uma língua desafinada com os tempos de paz apregoada por grande parte do mundo. Em tempo, está prometido para a Venezuela retirar temporariamente seu embaixador na Colômbia, na  terça-feira, 27, depois de uma acalorada disputa sobre a decisão colombiana de suspender a intermediação do presidente Hugo Chávez na negociação pela libertação de reféns. {francisco martins}
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 19:58 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Novembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
24

25
27
28
29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds