Revelando, imortalizando histórias e talentos
18.9.08

 
Hugo Carvana tem um currículo bem superior aos de alguns colegas, são mais de 80 filmes, como ator, diretor e produtor.

 
Seu gênero favorito é a comédia e desde a década de 1970. Ele protagonizou um dos melhores filmes do estilo malandro carioca, "Vai Trabalhar Vagabundo", de 1974. Em seguida filmes como Bar Esperança , e 1982, e Apolônio Brasil - Campeão da Alegria, de 2003.
 

 O humor pra lá de escrachado, Hugo Carvana imprime em seus filmes todos os traços característicos da cultura carioca. Criando boêmios e malandros, todos bem regados a doses de uísque. Sua mais recente recente comédia, Casa da Mãe Joana, ele apresenta uma trama do cotidiano de quatro amigos, que não querem saber de trabalho, e vivem de pequenos golpes para manter seu apartamento. No elenco, José Wilker, que interpreta Juca, um hippie, PR, Paulo Betti, um sedutor de velhinhas, Montanha [Antonio Pedro Borges], o jornalista curtido no mais puro uísque, e Vavá, Pedro Cardoso, um rapaz que foi criado pelo trio desde muito pequeno. Todos tem uma história triste para contar, mas, Montanha volta a escrever colunas sentimentais para um jornal usando o pseudônimo de Dolores Sol, que apesar de fictícia, a personagem passa a assombrar o jornalista como um fantasma sem pudor, interpretado por Juliana Paes. Juca, busca emprego como acompanhante de um idoso, o Comendador, Agildo Ribeiro. Em fim, ele percebe que se trata de um senhor gay, que gosta de se vestir de mulher e paquerar rapazes no calçadão de Ipanema.
 
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:40  comentar

Setembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12

14
15
16
17
19
20

21
24
25

28
29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO