Revelando, imortalizando histórias e talentos
7.4.09

 
Seus modelos venceram o Le Mans e troféu Leister. Até o kaiser Guilherme II rendeu-se aos carros Adler.
 

Fundada em Frankfurt, Alemanha, por Heinrich Kleyer em 1886, iniciou fabricando bicicletas. Entre os anos de 1889 à 1939 fabricou 25 modelos diferentes de veículos automobilísticos. O primeiro carro Adler era equipado com motor dianteiro monocilíndrico De Dion. A potência era de 3,5 cv e a transmissão via eixo cardan em vez de corrente, solução adotada pela Adler simultâneamente com o francês Louis Renault. No ano de 1902 a empresa iniciou a construção de motores pluricilíndricos.
Os carros da Adler começariam a participar de competições esportivas em 1906 com razoável sucesso. Entre 1906 à 1908, a empresa lançou os modelos 1'8 /15 e 1'11 /18 CV, com quatro cilindros leves, o 13/22 CV com média cilindrada e o 40/50 CV, de grande cilindrada. Todos os modelos conseguiram grande prestígio, sendo que um modelo especial do 40/50 fora feito sob encomenda do kaiser Guilherme II.
A partir do século XX alguns Adler do tipo esportivo com motor de quatro cilindros, 4.700 cc, com válvulas laterais, participaram de competições secundárias em circuitos na Alemanha, vencendo a maioria delas. Já em 1928, a empresa lança novo modelo, o standard 6, com motor de 6 cilindros em linha, tração traseira e válvulas laterais. Alguns anos mais tarde lançaria o standard 8, com carroçaria desenhada pelo conceituado arquiteto Walter Gropius.
Em 1932, lançou mais um modelo, o Trumpf 1,5, com motor quatro cilindros em linha, tração dianteira e válvulas laterais. O Trumpf tinha como características principais a alavanca de câmbio na coluna de direção. No ano de 1936, surgiria o Trumpf Junior, com suspensões independentes e amortecedores hidráulicos nas quatro rodas.
 
 
Com os modelos Trumpf, a empresa alemã conquistou 22 recordes internacionais: venceu o troféu Leister, em Spa e as 24 Horas de Le Mans, França. O último modelo Trumpf foi fabricado de 1937 à 1939, vinha equipado com motor de seis cilindros e 2,5 litros, tração traseira e semi-eixos oscilantes. O carro desenvolvia até 50 cv na versão normal, enquanto a versão esportiva com sua carroçaria aerodinâmica, atingia os 80 cv.

A história da Adler não é diferentes das demais empresas automobilísticas e sofre influências externas. Com o início da Segunda Guerra Mundial {1939 a 1945], interrompeu definitivamente sua produção. Entretanto, os Trumpf foram produzidos sob licença por outras fábricas até os primeiros anos do pós-guerra. O último modelo foi visto na Feira de Hannover, Alemanha, em 1948. O que sabe da Adler é que até meados de 1980 fabricava máquinas de escrever e de calcular. Porém, a empresa mantém assistência aos modelos Adler ainda existentes na Europa. {Equipe Formas&meios}
 
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 18:07  comentar

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
14
15
16
17
18

19
21
22
24

26
27
28
29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO