Revelando, imortalizando histórias e talentos
2.12.09



 

"Obrigado São Paulo", disco apresentado com exclusividade em Agência FM, apesar de já estar pronto no formato álbum, o lançamento oficial do CD está sendo negociado com uma ‘major’, e em breve estará nas lojas, segundo Agnaldo Timóteo.

Somente cantar não é o bastante. Saber o que cantar, escolher um repertório qualitativo com a cara do cantor, esses são alguns dos caminhos que levam ao sucesso duradouro ou eterno como se diz Timóteo. Foi o que ele fez nesse CD onde o título e a música de abertura "Obrigado São Paulo", de autoria de Luiz Vieira, cuja intenção do cantor é a mesma do autor: agradecer a receptividade e carinho com que a cidade lhes acolheu. Outros estandardes como "Tu és o maior amor da minha vida" { Sílvio Lima/De Carvalho}, ‘Nosso amor’ {Mota/Eduardo Ribeiro} chegando a "Meu mundo caiu", de Maysa Matarazzo. Nessa faixa, Timóteo deu uma levada mais dançante à canção; em ritmo de bolero. "Quisera eu" {Majó/Mita}, "Por que chora a tarde", uma das mais belas letras da autoria dos irmãos Antônio Marcos e Mário Marcos, que recebeu uma introdução de guitarras, mesmo assim define não somente o repertório do disco, mas o estilo romântico incondicional de Agnaldo Timóteo que, em alguns momentos, parece ter sido colocado em segundo plano por pequenos equívocos de engenharia.
Digamos, no lado "B" do CD, ele desfila composições clássicas e autores idem como "Tudo de mim", Eu não sei", "Que queres tu de mim", e a "Vida Continua", frutífera parceria de Evaldo Gouveia e Jair Amorim. Ouve-se um Timóteo cantando muito à vontade. Sem necessidade de provar mais nada para ninguém; cantando mais para o seu íntimo como se estivesse em sua sala de estar. Desse forma, imprimiu muita emoção vocal nas interpretações das respectivas faixa. Não para por ai não; "Meu grito" {Agnaldo Timóteo}, que recebeu nova releitura; e "Preciso de Alguém" {Evaldo Gouveia/Paulo César Pinheiro}. O cantor mostrou-se muito arrojado ao regravar "Conceição" {Jair Amorim/ Waldemar de Abreu, o Dunga}, uma canção onde fecha-se os olhos e vê-se a figura de Cauby Peixoto. Agnaldo Timóteo pegou outros 'atalhos', atalhos estes que não permitem comparações entre a sua interpretação e a de Cauby Peixoto. Completando as quatorze faixas do disco "Se non avessi piu te" {Enrique Luiz/Camucia/Nartefer}, com um peculiar sotaque à italiana do ilustre filho de Caratinga –MG.
Em rápidas pinceladas, este CD deverá ser bem consumido pelos fãs do cantor. Primeiro pela escolha acertada do repertório. Segundo, pelo formato vocal menos compromissado que ele imprimiu em "Obrigado São Paulo", as tradicionais interpretações viscerais e o modo muito pessoal de fazer divisão musical estão presentes em "Eu não sei", "Que queres tu de mim" e "Nosso amor". Tudo isso aliado a belos arranjos, destaque às introduções. {Francisco Martins}

Artista
Agnaldo Timóteo
Disco: "Obrigado São Paulo"
Em breve à venda nas lojas
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 13:24  comentar

Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
17
19

20
22
24
25
26

27
28
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO