Revelando, imortalizando histórias e talentos
23.5.11

 

Arnaldo Amaral foi um grande talento brasileiro e uma espécie de faz tudo. Locutor, cantor,  ator e produtor.  Revelou noems como Ângela Maria, Zéze Gonzaga, Marisa entre outros.

Nascido Arnaldo Augusto do Amaral Filho, em Vila Isabel, Rio de Janeiro, em 5 de agosto de 1912, foi muito conhecido também por sua boêmia. Sua história começou ainda jovem ao fazer apresentações para o público na Rádio Guanabara. Arnaldo teve como padrinho artístico o também radialista  Cristóvão de Alencar, e não demorou para apresentar-se em um dos mais conceituados programa da época " Programa Casé, na Rádio Philips".

 

Sua primeira gravação aconteceu em 1933, interpretando "Fita meus olhos" (samba de Cartola e de Osvaldo Vasques) e "Por que será", parceria de Buci Moreira e Osvaldo Vasques.

 

Em 1935 faz sucesso com Vou fazer uma pergunta (Cristóvão de Alencar e Nássara). Nesse mesmo ano, assinou contrato com a Rádio Cruzeiro do Sul onde permaneceu até 1938. Como produtor de rádio, sua produção  mais relevante foi o programa "Pescador de estrelas". E precisaria algo mais? Afinal foi neste programa onde foram revelados talentosos artistas como Zezé Gonzaga, Ângela Maria, Jamelão, Dóris Monteiro, Alaíde Costa, Norma Suely, Altamiro Carrilho, Miriam de Souza, Marisa, Humberto Martins, Marilena Cairo. Isso na área musical. 

 

Já no quesito locução, ele revelou nomes como Américo Vilhena, Oswaldo Sargenteli, Walter e Décio Luiz. Encerrou sua carreira como diretor da Rádio Mundial. Ele mesmo, teve uma passagem bem marcante no rádio como locutor esportivo. Como cantor, suas últimas gravações foram:  Conversa de siri e Do mundo nada se leva, ambas de 1943. Em 1945 gravou Apaguei o nome dela, Nosso presidente continua.

 

No final de sua carreira como cantor, chegou a se apresentar no famoso Avenida Danças, em São Paulo.  Nesta foto, exclusivamente cedida pelo ator Luiz Lugado para o acervo de Agência FM Noticiosa, Arnaldo Amaral muito à vontade frente ao microfone.

 

Outras gravações

 

1933 - Arnaldo Amaral & Léo Vilar - Rindo e chorando

1933 - Arnaldo Amaral & Léo Vilar - Se passar da hora

1934 - Arnaldo Amaral - Lili

1934 - Arnaldo Amaral - Quem mandou iaiá

1934 - Arnaldo Amaral - Questão de raça

1939 - Arnaldo Amaral - Amar (Mentira de amor)

1939 - Arnaldo Amaral - Bonequinha da avenida

1939 - Arnaldo Amaral - Ela fez uma comigo

1939 - Arnaldo Amaral - Estou sentido com você

1939 - Arnaldo Amaral - Hoje não, só na quinta feira

1939 - Arnaldo Amaral - Se houver algum valente

1939 - Arnaldo Amaral - Sonho de amor não morre

1939 - Neide Martins e Arnaldo Amaral - Era uma vez

1940 - Arnaldo Amaral - Saiu um batefundo no chateau

1941 - Arnaldo Amaral - Bota a Maria na roda

1941 - Arnaldo Amaral - Com você e sem você

1941 - Arnaldo Amaral - Eu quero ver é a pé

1941 - Arnaldo Amaral - Gira

1941 - Arnaldo Amaral - Guiomar vem cá

1941 - Arnaldo Amaral - Quem sabe se não és a Colombina

1941 - Arnaldo Amaral - Tempo quente

1941 - Arnaldo Amaral - Uruguaia

1942 - Arnaldo Amaral - A Maria cochilou

1942 - Arnaldo Amaral - Olha o jeito

1942 - Arnaldo Amaral - Samba de 42

1942 - Arnaldo Amaral - Vingança do padeiro

 

LEIA sobre Luiz Lugado: http://agenciafm.blogspot.com/2011/04/luiz-lugado-ator.html#links

 

Ângela Maria: http://formasemeios.blogs.sapo.pt/674124.html

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:35 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13

15
16
17
19

22
24
26
27

29


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds