Revelando, imortalizando histórias e talentos
30.7.19

Exposição homenageia Zininho no Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina

 

No ano em que completaria 90 anos de vida, o poeta Cláudio Alvim Barbosa, o Zininho, ganha uma exposição de fôlego no Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina. A mostra Zininho: o poeta do amor à Ilha é uma produção da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do MIS, com curadoria da filha do compositor, Cláudia Barbosa, e apoio da Casa da Memória de Florianópolis, Fundação Franklin Cascaes e Berbigão do Boca. A abertura será no dia 1º de agosto, às 20h, com visitação gratuita até 8 de setembro.

 

Acervo 

 

O poeta do amor à Ilha faz um mergulho no acervo produzido pelo próprio artista e atualmente preservado pela família e pela Casa da Memória de Florianópolis. São músicas, vídeos, fotografias, troféus, homenagens, manuscritos, partituras, roupas, entre outros objetos pessoais que ajudam a contar a história e a mostrar as diversas facetas do autor do hino de Florianópolis, o Rancho do Amor à Ilha. A exposição conta, também, com obras dos artistas Léo Furtado e Plínio Verani, como pinturas, esculturas e croquis.

 

Zininho 

 

O poeta nasceu em 8 de maio de 1929 no município de Biguaçu, mas ainda menino, devido à morte prematura do pai, mudou-se para o Largo 13 de maio, na região central de Florianópolis onde foi criado pelos avós paternos.  O apelido veio do nome que teria inicialmente, Horzino, mas seu pai o registrou com o nome de Cláudio; por isso, o apelido Zininho, como ficou conhecido. 

 

Serviço:

 

O quê: Exposição Zininho: o poeta do amor à Ilha

 

Onde: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS) - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC) - Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis

 

Abertura: 1º de agosto, às 20h

 

Visitação: até 8 de setembro. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h.

Entrada gratuita


-------------------------------


Algumas composições em samba-canção de Zininho 

Eu sou assim

O que seria de mim

Num cantinho qualquer

Jardim dos meus amores

A Margarida e o Mal-me-quer

Viva a Natureza

É tão tarde

Pra que negar

Insônia

Falta de você

Saudade, meu bem, saudade

Se o amor é isso

Desespero

Largo 13 de Maio

Magia do Morro

Você há de pagar

Deixa a porta aberta

Miramar

Preconceito Racial

Homenagem à Princesa.

Hino Oficial do Município de Joinville.

 

Hino Oficial do Município de Florianópolis

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:30  comentar


Agosto 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO