Revelando, imortalizando histórias e talentos
3.4.14

Ela auto intitulava-se "a melhor mulher do Brasil". Inventou moda, chavão popular além de ter seduzido galãs como Wagner Montes e Deny Cavalcanti.

 

 

Zélia Martins nasceu no Rio de Janeiro, RJ, em 30 de junho de 1947. Sua carreira começou como vedete e tornou-se atriz, atuando no cinema e teatro, a também como jurada de televisão, e como radialista, também. Na televisão atuou em programas humorísticos e como jurada de programas de calouros musicais, Chacrinha, por exemplo. Na TV cultura de São Paulo participou de "O Coronel e o Lobisomem" em 1982.

 

Mas foi no cinema onde ela mais trabalhou. Seu primeiro filme foi A Espiã Que Entrou em Fria (1967), e dez anos depois faria dois longa metragem Será Que Ela Aguenta? e Escola Penal de Meninas Violentadas, ambos em 1977. Zélia Martins se mantinha no topo e cada vez mais produtores cinematográficos a chamavam para estrelar suas películas ao lado de galãs [na época] como Wagner Montes.

 

Em 1978 ela fez vários filmes: A Força do Sexo, Fugitivas Insaciáveis, Os Galhos do Casamento, Pecado Sem Nome e A Praia do Pecado. Apaixonada pelas atividades radiofônicas, no ano de 1979 ela filmaria somente ‘Eu Compro Essa Virgem’ , e em 1980 faria um clássico do imaginário musical brasileiro, Cabocla Tereza. Uma sua frase ficou famosa ao participar de programas de calouros e suas críticas não agradavam as mulheres presentes no auditório ‘reclamava’ e ela se saia com " Calem a boca suas gralhas".

 

Zélia deixou muitos seguidores órfãos quando resolveu abandonar a carreira artística. Ninguém sabe por onde anda desde que abandonou sua bem sucedida carreira. RECENTEMENTE, descobrimos que a atriz aposentada mora na Suíça, e está casada. (FM). 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 01:52  comentar


Setembro 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO