Revelando, imortalizando histórias e talentos
14.5.19

A atriz e cantora Doris Day, uma das maiores lendas de Hollywood, morreu nesta segunda-feira, 13, aos 97 anos de idade, informou sua fundação.

 

Nascida Doris von Kappelhoff em 3 de abril de 1922 em Cincinnati e se mudou para a Califórnia aos 14 anos para ser dançarina — mas abandonou o sonho depois de quebrar a perna direita em um acidente de carro.

 

Nos anos de 1950 e 1960 atuou ao lado de astros como Rock Hudson e Cary Grant, morreu em casa em Carmel, na Califórnia, após uma pneumonia, informou a Doris Day Animal Foundation em seu site.

 

Depois atuou Ela em diversas comédias românticas ingênuas como “Confidências à Meia-Noite”, pela qual foi indicada a um Oscar, “Carícias de Luxo” e “Tempero de Amor”.

 

Ela também fez sucesso como cantora, com destaque para “Que Será, Será”, do filme “O Homem que Sabia Demais”, que se tornou sua canção-tema, embora inicialmente ela tenha relutado em gravá-la.

No cinema sua estreia aconteceu no “Romance em Alto-Mar”, de 1948, foi um sucesso, ao menos em parte graças a ela e à canção “It’s Magic”, indicada ao Oscar.

 

Já em 1953 ela estrelou “Ardida Como Pimenta”, e o sucesso continuou em 1955 quando ela fez uma parceria com Frank Sinatra no musical “Corações Enamorados” e com James Cagney no drama “Ama-me ou Esquece-me”.

 

Doris Day  voltou a  dar amplitude em sua em refilmagem de “O Homem que Sabia Demais”, de Alfred Hitchcock, na qual contracenou com Jimmy Stewart.

 

A partir dai,  começou manter a Doris Day Animal Foundation, socorrendo animais vitimados por maus tratos.   Atriz fez aniversário em abril

EDITORIAS: ,
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 17:31  comentar

Maio 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
17
18

19
20
22
23
25

26
28
29
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO