Revelando, imortalizando histórias e talentos
5.9.17

Um dos maiores mercados do mundo está prestes a se abrir para o cinema brasileiro. 

 

Foi assinado acordo de coprodução cinematográfica entre Brasil e China, no âmbito da visita oficial do presidente Michel Temer àquele país. O acordo, articulado pelo Ministério da Cultura (MinC) e pelo Itamaraty, deverá impulsionar o setor cinematográfico de ambos os países.

 

 

Na vigência do acordo, as coproduções realizadas por empresas do Brasil e da China terão tratamento nacional em ambos os territórios. Ou seja: os filmes realizados conjuntamente terão acesso aos mecanismos públicos de financiamento disponíveis nos dois países, como o Fundo Setorial do Audiovisual (no Brasil). E serão considerados produtos nacionais nos respectivos mercados. Também será possível a participação de produtores de países com os quais Brasil ou China tenham firmado acordo de coprodução.

 

Cooperação

 

Assinado pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, o acordo começou a ser negociado há mais de uma década, pelo MinC, via Agência Nacional do Cinema (Ancine), órgão vinculado ao ministério. Em 2007, foi organizada uma mostra de filmes brasileiros na Embaixada do Brasil em Pequim. No mesmo ano, o Brasil foi homenageado no Festival de Cinema de Xangai. O MinC e a Ancine se esforçaram ao longo do mês de agosto para chegar ao texto final e viabilizar a assinatura, em parceria com as autoridades chinesas e o Itamaraty.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 15:09 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Setembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14
16

17
19
20
22
23

24
25
27
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds