Revelando, imortalizando histórias e talentos
12.10.16

ECOPOÉTICA/INTERVENÇÃO URBANA: "PlastiCIDADE" faz um alerta para a degradação da Praça Dom Feliciano, em Porto Alegre. Ecopoética - Arte e Sustentabilidade em Intervenções Urbanas.

Foto: Gabriel Dienstmann 

 

Um espaço a céu aberto no coração da metrópole, repleto de história, símbolos, personagens e que, ao mesmo tempo, sofre com a degradação. A Praça Dom Feliciano, no centro de Porto Alegre, será o cenário da intervenção urbana PlastiCIDADE, no dia 14 de outubro, sexta-feira, das 9h às 12h. 


A ação é resultado da oficina Performance e Sustentabilidade em Intervenções Urbanas, que integra o projeto Ecopoética - ILHA. O projeto busca na prática artística uma ferramenta para o tratamento de questões ambientais e para o cultivo das relações entre as pessoas e a cidade. Por isso, a escolha de uma das mais antigas praças da cidade, utilizada mais como local de passagem do que de convívio. A intervenção tem como objetivo ressignificar monumentos depredados, chamando atenção para seu estado de degradação e para o excesso de lixo produzido pela cultura do consumo e descarte.

  

A performance é uma criação de Marina Mendo e Rossendo Rodrigues, idealizadores do projeto, em parceria com os artistas e participantes da oficina - Daniel Gustavo, Fabio Pinto, Rita Rosa, Genifer Gerhardt, Isabel Tombini, Juliana Strehlau, Juliano Rossi, Kayan Gross, Liana Keller, Louise Pierosan, Luciane Panisson, Inês Hübner e Tiago Rigo. O projeto conta ainda com a assessoria de figurinos da artista plástica Margarida Rache e consultoria do cenógrafo Rodrigo Shalako. A produção é de Liége Biasotto - CUCO Produções – e André Varela. A realização é da Pulperia Cultural e o financiamento do Fumproarte Secretaria Municipal da Cultura de Porto AlegreApós essa etapa, a equipe segue com a produção de um novo espetáculo - Ilha, com estreia prevista para 2017.

 

O PROJETO - ECOPOÉTICA

 

Criado pelos artistas Rossendo Rodrigues e Marina Mendo, o projeto Ecopoética teve início em 2013, tendo recebido na ocasião o Prêmio de Pesquisa Décio Freitas (Fumproarte - Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre). 


  O projeto dedica-se à busca por poéticas de sustentabilidade no ambiente urbano, articulando conexões entre ecologia, sustentabilidade e Artes Cênicas. A primeira performance foi Dilúvio MA. Durante sete horas, o casal de performers ficou pendurado em uma rede de lixo sob uma ponte do arroio Dilúvio, na capital gaúcha. Outras duas intervenções urbanas também foram realizadas sobre águas poluídas da cidade: Ritual de Sobrevivência Urbana  na ponte de pedra do Largo dos Açorianos e no encontro das águas entre o arroio Dilúvio e o Guaíba; e Travessia, no Parque Farroupilha


Em 2016, o projeto recebeu o Prêmio Boas Ideias de Sustentabilidade e também foi contemplado com o financiamento do Fumproarte para a continuidade da pesquisa. (Léo Sant'Anna - Assessor de Imprensa).

 

FICHA TÉCNICA - PlastiCIDADE:


Concepção: Marina Mendo Rossendo Rodrigues

Performance: Fabio Pinto, Rita Rosa, Genifer Gerhardt, Isabel Tombini, Juliana Strehlau, Kayan Gross, Liana Keller, Louise Pierosan, Luciane Panisson, Inês Hübner Tiago Rigo.

Assessoria de figurinos: Margarida Rache

Produção: Liége Biasotto - CUCO Produções - e André Varela

Realização: Pulperia Cultural

Financiamento: Fumproarte. 

 

Quando: 14/10, sexta-feira, das 9h às 12h.

Onde: Praça Dom Feliciano, em frente à Santa Casa - Centro de Porto Alegre.

Quanto: gratuito.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:42 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Outubro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


23



SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds