Revelando, imortalizando histórias e talentos
21.1.19

Show ‘Sonhar é a solução’

25/1, às 20h

Endereço: Funarte SP, Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos – São Paulo (SP)

O grupo, formado por Hévelin Gonçalves, Rui Condeixa Xavier e Wady Issa Fernandes, lança seu primeiro CD ao vivo, Sonhar é a solução, gravado na Cia da Revista. Com o show, a banda também celebra o aniversário de São Paulo e a gravação do clipe Anhangabaú – Não Passarão, realizada em 25 de janeiro de 2018.

Cena do espetáculo "O Sortilégio da Mariposa" 

 

Com repertório autoral e poético, Anhangabahy renova a tradição da canção de protesto, misturando samba lírico e moderno, com influências eletrônicas e guitarras distorcidas. No show, a banda apresenta, entre outras composições: Anhangabaú, Carlinhos Brown e Naufrágio. Também entram na seleção Pelas tabelas, de Chico Buarque, e A cidade, de Chico Science.

Montagem ‘Ciclos’, do Grupo Teatro Invertido

Até 27/1, às 20h (quinta a domingo)

 

Endereço: Funarte MG, Rua Januária, 68 – Centro, Belo Horizonte (MG)

Ser mãe aos 44 anos e encarar uma provável dificuldade pelo fato de não ser mais tão jovem para gerar uma criança são os pontos centrais do espetáculo. Como ser mulher, livre e mãe na contemporaneidade? O tempo é carrasco ou é aliado nesse processo? O solo reflete sobre questões da condição feminina às voltas com sua emancipação, liberdade de escolha (ou a falta dela) em relação à maternidade após os 40 anos.

 

Espetáculo ‘Natal’

 

Até 26/1, às 19h (sextas e sábados)

Endereço: Teatro Dulcina, Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro, Rio de Janeiro (RJ)

Escrito pelo jovem ator e escritor Gabriel Contente, o texto faz críticas ao consumismo e à alienação nas redes sociais, mas de uma maneira leve e bem humorada. A ideia é propor uma reflexão sobre os temas e levantar questionamentos como: “Até que ponto as redes sociais são saudáveis?” ou “O consumismo gera poder?”.

 

Espetáculo ‘À margem da linha’

26/1, às 19h30

Endereço: Funarte SP, Alameda Nothmann, 1058 – Campos Elíseos, São Paulo (SP)

O espetáculo aborda as transformações sofridas pela ação do tempo e o envelhecimento que ocorre de modo sutil e contínuo. No palco, um círculo simboliza o infinito e a divindade. Duas intérpretes se comunicam por meio do silêncio, da escuta, dos gestos e do diálogo com materiais como lã, estopa, fios de cabelo sintético e farinha de trigo. A montagem traz, ainda, elementos como o improviso, pequenas estruturas corporais memorizadas e repetidas, além de gestos de mãos, braços, pés, pernas e cabeça. Também estão presentes relações antagônicas de leveza e densidade, ação e passividade, bordas e centro. Os corpos e espaços não são definidos de forma absoluta, mas são resultado do encontro com o imprevisível, com o desconhecido e com o outro.

 

Espetáculo ‘Traição – O Silêncio Lamenta’

Até 27/1, às 19h (sextas e sábados)

Endereço: Funarte SP, Alameda Nothmann, 1058  – Campos Elíseos, São Paulo (SP)

O contexto da base familiar é retratado com seus preconceitos e tabus, principalmente a partir da ótica feminina, mas numa abordagem que pretende se distanciar dos estereótipos habituais. Temas como sexualidade, aborto e religião estão no foco do espetáculo, de inclinação existencialista, numa linguagem que mobiliza elementos da poética surrealista e do teatro do absurdo.

 

Peça ‘Acabou o Pó’

Até 28/1, às 19h (domingo e segunda)

Endereço: Teatro Dulcina, Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro, Rio de Janeiro (RJ)

Com texto de Daniel Porto e direção de Daniel Dias, Acabou o pó é baseado no estilo besteirol, bem peculiar às comédias dos anos 1980. Os atores Anderson Cunha e Celso André protagonizam histórias de vizinhas que, em meio aos seus afazeres domésticos, encontram tempo para fofocar. A peça se utilizado humor para mostrar a humanidade das personagens e fazer uma reflexão crítica sobre os temas retratados em cena.

 

Espetáculo ‘Yerma’

Até 31/1, às 19h (terça a quinta)

Endereço: Teatro Dulcina, Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro, Rio de Janeiro (RJ)

A peça é baseada na obra homônima escrita em 1934 pelo poeta espanhol Federico García Lorca. A ação se passa no meio rural e conta a trajetória de uma mulher que não consegue realizar o desejo de ser mãe. Diversas situações e conflitos são retratados na trama, questões relacionadas à convivência social, aos relacionamentos, à religiosidade e honra, principalmente feminina.

 

Exposição ‘Campo Para o Exercício da Liberdade’

Até 10/2 – 10h às 18h (terças a sextas), 14h às 21h (sábados e domingos)

Endereço: Funarte SP, Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos – São Paulo (SP)

A mostra reúne trabalhos de oito artistas que frequentaram durante cerca de uma no o ateliê de artes visuais da instituição, apresentando os resultados desse período de convivência e aprendizado conjunto. A entrada é gratuita. Participam da exposição os artistas Auni (Débora Seiva), Carlos Algot, Cláudio Antônio Ferreira dos Reis, Credo (Eduardo Marinho), Felipe Borges, Geovanna Gelan, Hiram Schincariol e Lumumba. O trabalho curatorial tem como ponto de partida a convivência já experimentada por eles num espaço público que, ao recebê-los, torna-se um campo para o efetivo exercício da liberdade de pensamento e de criação.

 

45ª edição daCampanha de Popularização Teatro & Dança

Até 24/2

Endereço: Funarte MG, Rua Januária, 68 – Centro, Belo Horizonte (MG)

A Campanha de Popularização Teatro & Dança é realizada até 24 de fevereiro e vai circular por seis cidades de Minas: Betim, Contagem, Nova Lima,Ribeirão das Neves, Sete Lagoas e a capital, Belo Horizonte.

 

Exposição ‘DuplaFace’

De 24/1 a 24/3 – 10h30 às 19h (terça adomingo)

Endereço: Funarte SP, Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos – São Paulo (SP)

Com curadoria de Maria Eugenia Cordero, a mostra apresenta 33 esculturas de Pallardó, que, além de artista visual, é também ator de teatro e integrante do coletivo paulistano Cia da Vértebra. Os trabalhos permitem vislumbrar algo do seu processo de criação, uma conjugação dessas duas faces de sua expressão artística.

 
EDITORIAS: ,
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 21:23 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Janeiro 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
19

20
22
24
25

27
28
29
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds