Revelando, imortalizando histórias e talentos
31.10.18

Cine Art-Palácio, São Paulo, Brasil - foi inaugurado como "Ufa Palácio" sendo uma das salas de cinema da cidade de São Paulo, mais elegante durante décadas, e pertencia a empresa alemã Universum Film. 

 

O cinema foi projetado pelo arquiteto brasileiro Rino Levi, que aplicou modernos princípios arquitetônicos ao projeto. Levi preocupou-se com questões acústica, visibilidade, circulação de ar, acessos à platéia, tudo no sentido de atender com conforto e funcionalidade aos 3.119 espectadores, divididos entre a platéia (1.860 poltronas) e o balcão (1.279).[2] Além da sala, Levi projetou um edifício na parte superior do cinema.

 

O Ufa Palácio foi inaugurado oficialmente em 13 de novembro de 1936, com o filme alemão "Boccaccio". A partir de então, tornar-se-ia uma das principais salas de cinema da cidade e uma das que receberam maior número de espectadores na história do cinema brasileiro. No final de 1939, poucos meses após ter início a Segunda Guerra Mundial, o Ufa Palácio foi rebatizado para Art-Palacio, nome inspirado na Art-Films, distribuidora de filmes europeus.

 

Nas  décadas de 1950 e 1960, o Art-Palácio passou a exibir gêneros cinematográficos mais populares, como faroeste e capa e espada. Concebia grandes avant-premières (lançamentos), sempre no dia 25 de janeiro - no aniversário de São Paulo-, principalmente dos filmes do ator e cineasta brasileiro Amácio Mazzaropi. 

 

O cinema chegou a integrar o circuito da Empresa Cinematográfica Serrador (fundada por Francisco Serrador). Com a decadência deste circuito, passou a fazer parte do Grupo Alvorada, que o controlou até ser desapropriado. A decadência do circuito Serrador ocorreu na década de 1970, motivada especialmente pela queda de público nas salas de cinema na cidade. Naquele mesmo período, o Art-Palácio foi dividido em duas salas batizadas  como sala São João e sala São Paulo, onde tornou-se antro de ladões, travestis etc.

 

Em julho de 2012, seu fechamento foi decretado depois de longo processo para ser desapropriado pela Prefeitura paulistana. Na fachada atual, onde mais parece escombros, pinturas de astros do rock enfeitam um tapume na entrada. Este é um caso onde uma sala extinta não fora ocupada por um templo evangélico ou uma academia de fitness. (AgênciaFM Noticiosa)> 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 22:25  comentar

Outubro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
18
19

21
23
26
27

28
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO