Revelando, imortalizando histórias e talentos
6.10.14

 Marco Nanini estreia espetáculo no Rio de Janeiro

 


O ator Marco Nanini estreia, no Teatro Dulcina, no Rio, o espetáculo ‘Beije Minha Lápide’, que narra a história de um fã ardoroso de Oscar Wilde, preso depois de quebrar a barreira de vidro que isola o túmulo do escritor em um cemitério de Paris. A peça fica em cartaz de 11 a 26 de outubro, de sexta a domingo (exceto dia 10), sempre às 19h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

 

Nanini interpreta o fã (Bala) e, além dele, integram o elenco Carolina Pismel (advogada de Bala), Júlia Marini (filha do prisioneiro) e Paulo Verlings (carcereiro). O texto de Jô Bilac é inspirado em fatos reais: a proteção da sepultura de Wilde existe mesmo e foi colocada por causa do ritual que os fãs faziam ao visitar o local e beijar a lápide. O espetáculo é dirigido por Bel Garcia e produzido por Fernando Libonati.

 

 

Serviço

 

Espetáculo ‘Beije Minha Lápide’

Com Marco Nanini e elenco

De 11 a 26 de outubro, sexta a domingo, sempre às 19h

Teatro Dulcina, Rio de Janeiro

-----------------------------------------------------------

 

Ator Cacá Carvalho fará quatro apresentações gratuitas de 'umnenhumcemmil', na Sala Guiomar Novaes da Funarte

 

Da parceria iniciada há mais de 22 anos entre o diretor italiano Roberto Bacci e o ator de teatro, televisão e cinema brasileiro Cacá Carvalho, surgiu uma dedicação especial ao escritor Luigi Pirandello (1867-1936), Prêmio Nobel de Literatura em 1934.

 

Um dos espetáculos nascidos desta longa entrega, umnenhumcemmil, entra agora em cartaz na Sala Guiomar Novaes do Complexo Cultural Funarte SP para quatro únicas apresentações, a partir de sexta, 3 de outubro de 2014, com entrada gratuita. Com base no último romance escrito por Pirandello – dramaturgo, poeta e romancista que viveu e morreu na Sicília (Itália) – umnenhumcemmil tem como protagonista o personagem Vitângelo Moscarda, o Gengé. Por conta de um comentário da esposa sobre seu nariz, que pende para a direita, Gengé descobre-se ‘um outro’ e decide cancelar sua identidade, família e cultura para tornar-se ‘nenhum, um nenhum entre cem mil’.

 

Sobre Cacá Carvalho: 

 

Carlos Augusto Carvalho Pereira nasceu em 1953, em Belém do Pará. Começou lá sua carreira, aos 15 anos, com o Grupo Experiência de Teatro. Em 1973, decide mudar-se para São Paulo e junta-se, tempos depois, ao grupo de Antunes Filho em Macunaíma, adaptação da obra de Mário de Andrade. Durante quatro anos, o ator esteve no papel título deste projeto, até desligar-se dele para estagiar com a diretora teatral Arianne Mnouchkine, na Alemanha. De volta ao Brasil, produz e atua em O Teatro Maluco de Zé Fidélis, uma pesquisa de rádio teatro.

 

Em 1984, é convidado por Juca de Oliveira para montagem sobre Othello, de Shakespeare. Dois anos mais tarde, protagoniza Meu Tio, o Iauaretê, espetáculo dirigido por Roberto Lage inspirado no conto de Guimarães Rosa. Este trabalho leva-o ao Centro per la Sperimentazione e la Ricerca Teatrale, em Pontedera (Itália), onde é assistido por Grotowski. Torna-se colaborador do Centro, primeiro como aluno, depois como ator, pedagogo e assistente de direção, e assim inicia a parceria com o diretor Roberto Bacci, que mais tarde viria a gerar a Trilogia Pirandello. 

 

Depois de um breve retorno ao Brasil, como professor e diretor na Escola Livre de Teatro de Santo André (SP), atua, na Itália, em O Homem de Flor na Boca, e protagoniza os espetáculos 25 Uomini e Il Cielo per Terra. Dirige no Brasil Partido (1988), baseado em texto de Ítalo Calvino, para o Grupo Galpão (BH). Em 2003, estreia A Poltrona Escura, produzido pelo SESC –SP e Fondazione Pontedera Teatro. Realiza na Itália o espetáculo O Hóspede Secreto, onde atua com uma atriz da Casa Laboratório, Joana Levi. Além do teatro, Cacá Carvalho atua em cinema e TV. Na Rede Globo, seu personagem de novela mais marcante foi provavelmente o Jamanta, em roteiro de Silvio de Abreu. No cinema, trabalhou com Ugo Giorgetti, em Jogo Duro, e com Pedro Bial, na adaptação de contos de Guimarães Rosa sob o título Essas Estórias.

 

Espetáculo: umnenhumcemmil

Dias 3 e 4 de outubro | Sexta e sábado, 20h

Dia 10 de outubro | Sexta, 18h e 20h

Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos, São Paulo, SP

 
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 19:15 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Outubro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
17

19
20
22
24

29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds