Revelando, imortalizando histórias e talentos
15.10.21

O álbum de estreia da fadista Maria Mirra intitula-se “Fado Antigo"

 

Nele recria temas dos repertórios de Berta Cardoso, Beatriz da Conceição e Amália Rodrigues, entre outros criadores.

 

A cantora fadista é acompanhada por Pedro Viana e Pedro Dias, à guitarra portuguesa, Pedro Soares, à viola, e André Moreira, no contrabaixo.

 

Maria Mirra escolheu cinco fados tradicionais e os restantes seis com melodia própria, entre os quais “Grito” (Amália Rodrigues/Carlos Gonçalves) e “Vazio” (Ana Madalena/Pedro Vilar). Entre os tradicionais, consta o "Fado Perna de Pau", de Raul Portela, para um poema de Amadeu do Vale, e “Fado Antigo”, que dá título ao disco e é uma recriação do repertório de Berta Cardoso.

 

Do repertório de Beatriz da Conceição, Mirra gravou “John Português” (César de Oliveira/João de Vasconcelos), do de Maria Valejo, “Maldição” (Fernando Farinha/José Bacalhau), um fado tradicional gravado também por Manuela Cavaco, Sara Correia e Pedro Moutinho, entre outros.

 

Entre os tradicionais, Mirra gravou, de Amadeu Ramin, o "Fado Zeca", no qual interpreta “É Estranha e Bela a Vida”, de Nelo. Do repertório de Artur Ribeiro, escolheu “Lisboa”, com música de Ferrer Trindade, também já gravado, entre outros, por Beatriz da Conceição, Rui Vaz e Madalena Iglésias. {Francisco Martins \ sapo.pt} 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 22:36  comentar


Outubro 2021
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO